O dia em que tomei no cu

quinta-feira, fevereiro 25, 2016 Hell F. 19 Comentários

Tumblr.
É, talvez você soubesse desde o princípio que eu nada tinha a perder. E mesmo assim apostou em dobro, jurando que essa força territorialista barata dominaria a simples lógica  de "não + sim = não".
 
Só que o que eu ofereço não está em jogo.  
 
Tua bravura digna de balcão de bar subestimou o soberano destino, que de bobo só tem a fama. Até mesmo o caos se torna cansativo ao virar rotina. O que para uns é válvula de escape, para mim é a dura realidade. Sabe como é viver de uma dose atrás da outra em busca de uma cura que nunca foi descoberta? Não. E talvez nunca faça ideia.
 
Então não me trate como igual.
 
Qual o significado de ser livre sendo por si só um medo ambulante de repreensões?
E se em por um minuto você tivesse a carta branca de fazer exatamente o que deseja neste exato momento?
 
De nada me valem armadilhas que aprendi a me desvencilhar quando o diabo ainda era menino. Eu aprendi aos tapas o que alguns só aguentam aos sopros. O que seu veneno não sabia desde o começo era que naquele sonoro NÃO eu só implorava por socorro.
 
Então fique com o meu muito obrigada.
Você foi um enorme erro. Que eu adorei cometer.

Tumblr

Hell
(Ellen F.)


Direitos autorais: Valorize a veia artística deste blog, em respeito à lei nº 9.610 (de 19 de fevereiro de 1998). Não faça cópias de trechos/quotes deste conteúdo autoral sem fornecer o devido crédito à autora e ao nosso link. A equipe Faroeste Manolo agradece ^^.
Hell (bat0mcomalcool)

AUTOR

Hell (bat0mcomalcool). Vulgo Hell {Ellen F.}. Ex-punk, fumante inveterada, colorida e rabiscada. Geminiana em dobro. Filha de Xoroquê e neta da Grande Mãe. Adotou o deboche como filosofia de vida e aceita a decadência como eterna companhia. Viciada em História, política, poesia, cultura vintage, seriados, literatura e The Sims.

19 comentários:

  1. Eitaaaaaa eitaaaaaaaaaaa eitaaaaaa

    Arrasou amor ♥

    #Soufã

    ResponderExcluir
  2. Nossa Hell, quando eu crescer quero ter metade da sua intensidade e talento <33333

    Parabéns, beijos

    ladygagando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Muito booooooom!
    Adorei!
    <3
    Poucos são os que eu conheço que escrevem assim.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  4. Uau, até arrepiei!
    Essa frase me descreveu "Qual o significado de ser livre sendo por si só um medo ambulante de repreensões?"

    ResponderExcluir
  5. NOOOSSA ♥

    As vezes acho que te amo, Hell kakakaka

    http://unicorniosemorcegos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. A gente toma lá, mas gosta ainda né? Vai entender...
    Bom final de semana!

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Somos essa sucessão de erros NECESSÁRIOS!!

    Saudades de você, Hell! Tudo certo?

    Beijãooooo

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto sua linda!
    Erros, bons ou ruins, são necessários ao nosso crescimento. ^^
    Você tem muito talento pra escrita. Parabéns!
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Sabe que descreveu uma fase da minha vida ,e graças a este erro estou crescendo , seu texto se tornara meu Mantra

    http://jessicavenenoofficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. "Qual o significado de ser livre sendo por si só um medo ambulante de repreensões?"

    PUTA QUE PARIU, QUASE XARÁ! Como dizem o tal clichê: Estou digitando com os pés porque com as mãos estou aplaudindo ensandecidamente!

    Esse texto mexeu comigo (e acho que esse é o objetivo de um texto: o de perturbar). Eu sou a rainha do caos (ô vida bandida HAHAHA) e muito compreendo da essência do que quis dizer de forma tão visceral.

    E Thaís: CASAMO QUANDO, MEUAMÔ? HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAH

    beeeeeeeeijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... pode escolher a data, Ellen vai ministrar o casório ;)

      Excluir
  11. Caramba, muito bom mesmo!
    Achei forte e intenso e de uma escrita diferente de tudo que costumo achar por aí!
    Incrível mesmo, curto tua escrita.

    Baú de Canto

    ResponderExcluir
  12. Tava com tanta saudade de ler tuas loucuras! <3

    ResponderExcluir
  13. CARALHO QUE COISA MAIS MARAVILHOSA
    QUERIDA VAMO SE ABRAÇAR? <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  14. Hell! Que texto maravilhoso, intenso e verdadeiro. Amei a sua escrita <3
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  15. Como diria a filosofa contemporânea Inês Brasil: "tem aquele ditado" que a gente precisa passar pela tempestade para depois nós sermos presenteados com o mais belo dos arco-íris, portanto às vezes o sofrimento é necessário, não só para aprender, mas para seguir em frente... renovada! E ainda mais forte! O que não nos mata, nos fortalece, e muito! É um mal necessário.

    Belo texto. ^^
    Beijos!

    madessy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Fantastico!!!
    Curti demais o tapa na cara da sociedade que foi este texto!

    ResponderExcluir

 Espaço livre para sugestões, críticas e elogios;
 Você pode comentar como anônimo ou utilizando seu nome/URL, conta do Gmail ou Wordpress;
 Sua opinião é bem-vinda, contanto que não seja homofóbica ou racista. Agradecemos :)