Carta para a minha melhor amiga

segunda-feira, dezembro 14, 2015 Hell F. 10 Comentários


Google Imagens.

Já é 2015, Sá. Bota fé?

Ano passado fez 10 anos que você desencarnou. Dez anos, meu. E neste, onze! Nem acredito que eu sobrevivi e você se foi. Os Deuses sabem que poderia ter sido eu. E eu sei como teria sido melhor se você tivesse ficado. Quem teve o prazer de te conhecer sabe como o mundo teve uma baixa irreparável.

Como eu ando?

Mudada. Sobrevivendo. Tratando o probleminha raiva. Tranquila como você nunca viu.
    (Queria que visse e se orgulhasse)
Evitando procurar aquela foto sua, minha e do Fê na calçada.
    (Porque encará-la é sinônimo de desabar)
Tentando guardar essa saudade só pra mim para te preservar da dor.
    (Por que é tão ruim pro espírito ser amado em excesso?)

Mentalizando e torcendo para que seja resgatada logo.
Sendo um vulto no meio de imagens nítidas.
Sendo a metade podre do vaso ruim que não quebra.
Enquanto o melhor pedaço foi varrido pra longe de mim.

Só sei que você precisa voltar... Nem que seja como filha minha. Mesmo que hoje em dia eu não queira ser mãe nem fodendo, se fosse o teu reencarne eu sentiria o tal instinto maternal. Certeza!

O que me perturba é não saber por onde andas. Persegui teus rastros por todos os lados, e nem uma mísera frase foi recebida. Escute minha clemência e anote aí pra galera do outro lado: demorou de criarem um GPS pro mundo espiritual.

Medo de você estar naquele lugar que com certeza irei quando vazar daqui. Ao menos corremos o risco de nos trombarmos de novo - nem que seja para brindar com lama (o que não seria muito diferente da nossa amizade mesmo...).

Você poderia estar aqui comigo reclamando das merdas na política, do país se destruindo e da pandemia de narcisismo que contaminou as pessoas de hoje. Pensando bem, até que você se livrou de um bando de chatos em tempo integral... 

Me perdoe se esse tipo de energia te prejudica. Às vezes sinto vontade de procurar a sua mãe e te encontrar no abraço dela, mas não consigo. Confesso que prefiro não falar de ti pra não externar o real sentido de insubstituível. Talvez onde esteja não haja permissão para saber como as coisas andam por aqui, mas eu estou limpa há oito anos. Também fiz vários amigos que te agradariam e conheci a pessoa da minha vida. E hoje faço planos  flertando com a responsabilidade. Se estivesse aqui, continuaríamos nos vendo quase todos os dias pra fumar aquele cigarrinho maroto (aliás, não se envergonhe, mas eu troquei nosso Marlborão por um mentol). Se estivesse aqui, eu não teria abandonado os Antigos. Se tudo tem realmente sua hora, talvez eu nunca me conforme com o destino. É que o plano espiritual possui uma que a mente humana não alcança.

Chamem de egoísmo, mas é fato que eu queria que você voltasse - mesmo sabendo que riria horas da minha cara por começar a escutar Fresno. Inclusive eles têm uma música que parece machucar a todos que sofrem por amor, enquanto eu só lembro da melhor amiga que já tive, aquela que tiraram tão cedo de mim:

"Vamos falar de solidão
Na sua casa eu nunca mais entrei
Mas decorei com exatidão
Todas as coisas como eu deixei
Versos jogados pelo chão
Lembranças do que eu não presenciei
{...}
Por que você insiste em dizer
que ainda existe vida sem você?"




Hell (bat0mcomalcool)

AUTOR

Hell (bat0mcomalcool). Vulgo Hell {Ellen F.}. Ex-punk, fumante inveterada, colorida e rabiscada. Geminiana em dobro. Filha de Xoroquê e neta da Grande Mãe. Adotou o deboche como filosofia de vida e aceita a decadência como eterna companhia. Viciada em História, política, poesia, cultura vintage, seriados, literatura e The Sims.

10 comentários:

  1. Ai Hell, tu partiu meu coração agora.. sem chances de começar uma segunda feira bem depois de ler um desabafo triste desse. Nada supera perder um amigo amado! Te desejo melhoras e que sua amiga va ao encontro da Luz <3

    ResponderExcluir
  2. Ô viadãn, tô de coração rachado. T-T
    Vem cá, deita aqui. ~sinta me abraço de urso~
    Sei que o sentimento de perda é talvez o pior de desaparecer, ele é constante, mas espero sinceramente que seu coração seja consolado e que essa tristeza se transforme em força renovada.
    ~sinta-se beijada, lambida e mordida~
    Beijão, gatãn. ♥

    ResponderExcluir
  3. Putz, ñ há palavras pra momentos como esse, mas ja passei pelo mesmo e te digo que o tempo não é capaz de apagar a lembrança daqueles que nos marcaram. Parabens por estar limpa ha 8 anos, sua amiga com certeza ficaria orgulhosa.. abração Hell, bem apertado ♥

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, despedacei aqui :(((((((((((((

    ResponderExcluir
  5. Poxa, Hell.
    Hoje eu tive uma briga feia com a minha melhor amiga e dai venho aqui pra ver se me distraio com outra coisa e tem esse texto maravilhoso que consegue me fazer chorar. Desejo o melhor pra você e que sua amiga esteja em algum mundo melhor do que esse.
    Beijos,

    Borboletas de papel

    ResponderExcluir
  6. Putz Hellzinha que triste, sinta-se fortemente abraçada, eu te entendo e sei como doi a saudade. 5, 10, 1000 anos não apagam memorias dos nossos entes queridos. E me tire uma duvida se puder, tenho a impressão de que nao so sao dois textos pra sua amiga aqui no blog nao e? Enfim que supere e honre a memoria de sua amiga continuando longe das drogas, vc e guerreira ♥

    ResponderExcluir
  7. Que intenso, lindo. Carta maravilhosa, e de certo ela está sim orgulhosa, porque mesmo que não haja (não sei se há) permissão para saber o que acontecesse por aqui, ela acredita em você.
    E se ela tiver que voltar, que volte para mais viver mais momentos maravilhosos entre vocês.
    Mil beijos e que teu coração seja confortado ♥ Blessed be

    ResponderExcluir
  8. Oinnnn! Lindo lindo. Gostei como no texto voce demonstra a tua fe. Tenho certeza que voce e sua best ainda estao conectadas. Mesmo que vc aqui e ela la. Parabens!! Beeeijos

    http://www.verdadeescrita.com/eu-resolvi-chorar/

    ResponderExcluir
  9. Que texto lindo, me fez pensar na minha avó, que eu já perdi. se eu escrevesse uma carta pra ela, acho que eu desabaria horrores, diria muitas coisas, mesmo sabendo que ela não entenderia.
    Com certeza ela deve sentir tudo o que tu sente, mesmo que não pareça. As pessoas que nos deixam nunca vão embora de verdade, eu acho. Você só não pode vê-los mais, mas sempre estão ali.
    Gente, e que musica linda essa do fresno, eu ainda não tinha escutado. Muito linda.

    http://www.agindodiferente.com/

    ResponderExcluir

 Espaço livre para sugestões, críticas e elogios;
 Você pode comentar como anônimo ou utilizando seu nome/URL, conta do Gmail ou Wordpress;
 Sua opinião é bem-vinda, contanto que não seja homofóbica ou racista. Agradecemos :)