Review | O Demonologista - Andrew Pyper

quarta-feira, novembro 25, 2015 Hell F. 42 Comentários


Fonte: Mundo Blá

Antes de qualquer coisa, gostaria de anunciar minha devoção ao Le Livros, pois graças a ele baixo minhas obras em mobi e admito que deixei de comprar físicos porque Kindle é vida #shame HAHAHAH! As imagens desta resenha são cópias de outros locais com suas devidas fontes.
Fiquei animadíssima para conhecer a história de Andrew Pyper graças ao post especial de terror do blog Entre livros e trânsitos. É possível concluir rapidamente a leitura, por ter apenas 320 páginas.
Não colarei a sinopse original porque sou contra os spoilers que nela contém (e na maioria massacrante dos resumos que as editoras disponibilizam), ok? Falando em editora, a Darkside lacrou nessa edição de capa dura com marca página de cetim. Sensacional!



"Algumas vezes as pessoas fecham a porta porque estão tentando encontrar uma maneira de fazer você bater nela.”

O Demonologista revela a saga de David Ullman, um professor ateu do Departamento de Inglês da Universidade Columbia (Manhattan), cuja especialização é a narrativa religiosa judaico-cristã, tendo como base a obra Paraíso Perdido (de John Milton). O dúbio clássico de Milton tanto brinca com a história cristã de Deus e demônios como aponta facetas favoráveis a Satã, devido a sua rebeldia de não aceitar ordens de quem supostamente lhe fez a sua imagem e semelhança.

"Platão, penso nisso agora, definia daimon como 'sabedoria'. O poder demoníaco procede não do mal, mas do conhecimento."
Google Imagens
David está passando por um período conturbado no casamento e seu único motivo de felicidade é Tess, a amada filha de onze anos (com quem mantém uma ligação especial). Além da garota, o protagonista possui uma amizade quase colorida com a colega Elaine O'Brien, também de renomada carreira acadêmica. Quando o divórcio se torna inevitável, Ullman recebe uma estranha visita lhe oferecendo uma quantia inimaginável apenas para apurar um "fenômeno" em Veneza. E sim, é aí que tudo passa a ficar interessante.


"A tristeza tem uma cor."


Fonte: Literalmente Vivendo



"Eu sou o tipo de rato de biblioteca que leu sobre lugares mais do que viajou. E, em grande parte, até prefiro ler sobre eles a visitá-los. Não que eu não goste de novos lugares, mas estou sempre consciente da minha própria estrangeirice, um alienígena entre os nativos. É assim que eu me sinto, não importa o lugar."



Após optar por aceitar o misterioso desafio, parte com a filha para a cidade italiana, onde presencia uma possessão que mais tarde se prova surpreendentemente essencial para decifrar alguns enigmas. Durante todo o enredo, David luta para não acreditar que as figuras retratadas por Milton sejam - de fato - reais, mas percebe que é tarde demais para voltar no tempo e rever sua decisão.

SPOILER (leia por sua conta e risco): Ao cumprir o acordo e gravar um homem sendo possuído por uma "legião" de demônios, Ullman se desespera e volta para o hotel. Lá, informa à Tess que eles devem fazer as malas para voltarem à Nova York imediatamente, o que não a agrada muito. Entretanto, em um momento de descuido a menina some e ele escuta uma voz lhe dizendo que ela está no terraço. Chegando lá, atordoado, o homem percebe que Tess está incorporada por um dos demônios e não consegue impedi-la  de cair no canal. A partir da tragédia, o professor decide procurar pela filha, que está refém do Inominável.
  

Fonte: Zona de Conspiração

Por questão de sobrevivência e na aflição pela resolução de sérios problemas que surgem desde a viagem à Veneza, o professor passa a buscar pistas através de seu conhecimento de Paraíso Perdido, além de se tornar alvo de entidades poderosas que enxergam nele uma espécie de esperança bem bizarra.
O diário de Tess (spoiler: que revela algo já esperado, o fato da garotinha sentir as companhias dos demônios e o lado negro do pai há muito tempo) e a lealdade de O'Brien são chaves que auxiliam o professor a desvendar os segredos do oculto.
Algo que me prendeu à leitura foi a brilhante forma de Pyper amarrar os personagens ao enredo. Ninguém fica sem papel ou apenas fazendo volume para nos confundir. Todos mais cedo ou mais tarde se tornam indispensáveis às situações - sejam pequenas ou significativas. Fora que em vários momentos você chega a questionar a sanidade do protagonista (como ele, inclusive) e imaginar um plot twist de nível Almodóvar na reta final, mas acalmemos porque não chega a tanto (infelizmente) :/ HAHAH.

"Não há ação sem escolha"

Fonte: Me livrando
Prefiro não dar todos os detalhes para que o review instigue sua curiosidade em conferir a obra e tirar suas próprias conclusões. Informo que apesar de ter lido por aí que O Demonologista se trata de um novo O Exorcista (um exagero blasfêmico) e a realidade não ser bem essa, garanto que vale a pena pelo suspense psicológico. Há momentos clichês? Claro que tem, na literatura de horror não há escapatória. Contudo, Pyper soube "humanizar" essas entidades malignas (inclusive o temível Inominável) e até mesmo não nos fazer sentir raiva delas integralmente - pois durante a narrativa chega a ser previsível que David esteja mais do lado "de lá" do que "de cá"-, mesmo que inicialmente se apresente como um típico descrente e aja como um (spoiler pai) desesperado.  

♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦
Classificação: 3/5
♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦♦ ♦ ♦♦♦♦♦♦♦

Em suma, não chega a ser um novo clássico revolucionário ou digno de comparação ao mestre King, porém é uma leitura instigante que mescla algumas aflições, pequenos sustos e poucas boas reviravoltas para se tornar uma história interessante. Quanto ao final, alguém aí já leu para conspirarmos? Apesar de simples, eu entendi três possibilidades - será que me enganei?
1) Deu certo o reencontro com Tess no trem e eles conseguiram fugir graças ao espírito de O'Brien;
2) Quando o trem acelera por dentro da terra e ele afirma que "logo sairemos do outro lado do rio", ele já estava morto por ter contato com O'Brien e Tess, e seus espíritos estavam indo para a casinha na frente do rio em que seu irmão se afogou - sendo felizes para sempre ou algo semelhante a isso;
3) A aparição de O'Brien era outro truque de Belial para fazê-lo pegar o trem e eles se foderam, mas ao menos irão ao Inferno juntos.
Já estou na expectativa de uma versão cinematográfica do livro, pois apesar de algumas questões sem respostas (necessárias e coerentes) no final, eu gostei bastante da trama e a indico para apaixonados pelo gênero.

Leituras recomendadas:

Review | Garota, Interrompida
Review | Um olhar do paraíso
Hell (bat0mcomalcool)

AUTOR

Hell (bat0mcomalcool). Vulgo Hell {Ellen F.}. Ex-punk, fumante inveterada, colorida e rabiscada. Geminiana em dobro. Filha de Xoroquê e neta da Grande Mãe. Adotou o deboche como filosofia de vida e aceita a decadência como eterna companhia. Viciada em História, política, poesia, cultura vintage, seriados, literatura e The Sims.

42 comentários:

  1. Resenha maravilhosa Hell. Vi uma falando que era excelente, mas como vc deu 3 estrelas imagino que o final incerto te deixou decepcionada, foi isso? To louca pra ler esse livro logo e to entrando num amigo oculto literario pra ver se alguem me presenteia kkkkkkkkkkkkk Ja estou diminuindo as expectativas pra nao ficar triste, mas so pelos quotes que vc deu me acelerou o coração. Ssabe quando vc quer mto uma coisa? entao kkk

    Obg por me tirar algumas duvidas da historia e por ter tampado os spoilers <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sara! As três estrelas não são ruins, mana.. é que não dá pra comparar com outras obras espetaculares a nível de 4 e 5, entendeu? Mas é questão de ponto de vista, pode ser que você ache uma merda ou uma verdadeira perfeição. Me conta depois?

      Tomara que você ganhe o bendito do amigo oculto e ahaze na leitura de fim de ano <3 hauehuae.

      Um beijão, lindona ;*

      Excluir
  2. Eu tô muuuuuuuito afim de ler este livro. Sempre vejo todo mundo falando muito bem dele, mas eu acho que a maioria só está mesmo tentando puxar o saco da Darkside. Kkkkkkkkkkkk
    Eu adorei a sua resenha, você foi bem sincera e falou do que não gostou, mostrou os pontos negativos.
    E só pra você saber, eu não li os spoilers, quero ter a emoção do momento!! *-*
    Beijo, goxtosãn!! ♥

    http://www.creepybeauty.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suuuuuu, minha divosa ♥!
      Leia mesmo, acho que entre trancos e barrancos vale a pena e acredito que por termos gostos parecidos, você também vai curtir!
      Hahahahah que mara que não leu, o bom mesmo é não estragar a surpresa (por isso sou super contra sinopses, tem acontecimentos ''essenciais'' que prefiro nem saber HAUEHAUE).

      Quando você conferir, temos que confabular sobre os finais <3 Por favor! Hahahah

      Muahhhhhhhhhhhhhhhh, maravilynda ;*

      Excluir
  3. Oi, Hell!! Que resenha perfeita!
    Sabe, concordei com vc em vários pontos, principalmente na nota final, acho que é a que eu atribuiria. Como falei no meu blog, não é que não gostei, o livro é muito bom, mas acho que esperava algo mais que nem sei definir o que hahaha
    Mas também acho que existe uma comoção desnecessária em cima dele, como vc disse, não é digno de King hahaha
    Quanto ao final, fico com a opção 2 kkk
    Ahhh, by the way, também acho que Kindle é vida, sou viciada!

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Soraya! Vindo de você um elogio desses é uma honra, obrigada :).
      Não vi sua resenha da obra, darei uma passada lá para conferir. Será que foi o 2? Tomara, menos pior do que o 3 HAHAHAHA. Mas ainda não tenho certeza, tô louca pra fuçar uma resposta do autor sobre esse desfecho polêmico hahaha.

      Kindle é MARA, é tudaaaa na vida, é uma das poucas coisas que não me vejo sem *o*.

      Beijão ;*

      Excluir
  4. Meu amei o livro, Hell. Concordo com sua resenha, tbm achei um exagero a comparação com Exorcista. A história é boa, mas realmente ficou faltando no final. Se ele ia ser preso ou nao kkkkkkk

    Eu achava que o final era o 1, mas parando pra pensar acho que foi o 3.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiquei aflita sem a resposta da prisão, Clau. Afinal, ele já estava sendo procurado e no final foi aquele rolo do trem hauehauehaue. Estou na dúvida das 3 possibilidades até agora ><, haha!

      Excluir
  5. Ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro, mas me apaixonei pela capa dele, show ♥
    Pela sua resenha o livro parece ser muito bom, fiquei com vontade de ler ele agora hahah
    Beijos
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa capa com detalhes envelhecidos ficou bafo, né?
      Espero que o leia, Day *.*
      E que curta, claro ;) haha!

      Beijão ;*

      Excluir
  6. perai perai *o* eu quero ler esse livro agora. me Fala o Kindler da de baixar livros grantis? adoro o site Le Livros, eu sempre baixo la pra ler no cll mas em pdf é bem ruim, enfim, pelo kindler de ler os livros do site???

    † Inocentemente Ingênua †

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHEUAHEUAHEUAUE Uai Jessie, é só baixar no formato mobi ao invés de PDF que ele já fica configurado da forma ideal para o Kindle <3.

      Beijão, mana =*

      Excluir
  7. Very interesting blog, looking forward to more wonderful! sneakers isabel marant

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thanks dear *.*
      I'm glad for the compliment <3

      Excluir
  8. Oii!
    Digamos que não seja o tipo de livro que eu curto, mas achei bem interessante a história através da tua resenha!
    E sim, eu também sou fã do Lê Livros, haha! <3

    Beijos!
    Blog Bianca Schultz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bia. O Le Livros é bafo demais, arrmaria AHUEHAEUHE.
      Beijos =*

      Excluir
  9. Gostei muito da resenha! Não conhecia o livro, mas acho que não é o tipo de leitura que eu gosto (sou meio medrosa para histórias desse tipo hehe).
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahh mas Bia, ele não dá medo algum. Gera pequenas aflições e sustinhos de leve, nada a nível de King não. Acho que você iria gostar mesmo não gostando de terror ahaehaue.

      Beijos ;*

      Excluir
  10. Fiquei interessada nesse livro desde que o vi em um site de compras , ACHEI MUITO interessante sua resenha , vou coloca-lo na minha listinha de desejos haha
    Beijos de luz !
    Blog:historiaseoutrasdrogas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, coloca mesmo na listinha, Pathy!
      E tomara que aprecie a leitura, se você já sentiu esse interesse estamos a meio caminho andado. HAHAHAH.
      E obrigada pelo elogio, te agradeço pela visita ;)

      Beijão =***

      Excluir
  11. Mas que demais as imagens desse livro ! :)

    Acho que eu ia gostar de ler viu hehe.

    Valeu a dica.

    Beijo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Canal no Youtube |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magina, eu que agradeço a visitinha, Anna. Acho que você iria curtir mesmo ;)

      Beijos ;*

      Excluir
  12. Fiquei com mais vontade de ler ainda Hell, e claro que pulei os spoilers kkkkkkkkk

    Bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, Chris. Ainda bem, não quero ninguém me xingando hauehauehae.

      Beijão :3

      Excluir
  13. Hell, não tenho a mesma fixação por livros do que tenho por filmes, porém, como suas dicas tem peso enorme para mim, certamente procurarei por esse livro, mesmo que não tenha tido a sua nota máximo, mas o modo sempre interessante com que aborda um assunto, deixo-me intrigado pelo tema.

    Há tempos venho ensaiando uma proposta para você Hell, não de casamento tá kkkk, mas para compartilhar um post entre o Mundo Em Cenas e o Faroeste Manolo. Por exemplo: eu iniciar um conto e você terminar (vice-versa), ou fazermos listas distintas com dicas de filmes, livros ou séries sobre o mesmo tema... O que acha? Pode ser outra ideia também.

    Se puder, me responda por email, eu overifico meu email com uma frequência bem maior do que o meu blog hahaha
    vitorf6@hotmail.com

    Beijos querida! Se cuida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OMGOsh, estou HONRADA com o convite, Vitor! Você sabe que sou fã dos seus textos e qualquer projeto que te envolva, eu tô dentro feliz da vida. Enviando e-mail em 3, 2, 1...

      Excluir
  14. As figuras são lindas!!! E adoro livros com teorias e reviravoltas!
    Vou anotar o nome e colocar na lista de leituras futuras!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você vai curtir, Vívs. E me conta o que achou depois para tricotarmos do final polêmico AHEUAHEU.

      Beijão <333

      Excluir
    2. Adoro discutir os finais do livro! Topei já ;)

      Excluir
  15. Oi, Hell.
    Que resenha maravilhosa, acho que todo livro deve ter reviravoltas assim! Parece fantástico hahah
    Achei a diagramação e artes dele muito lindas!
    Beijos,
    Borboletas de papel


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline. Pelos Deuses, antes de tudo, não sabe como DOU VALOR a quem respeita a vírgula no vocativo ♥. Obrigadaaaa, até hoje não me conformo quando vejo blogueiros cometendo o pecado da falta dessa vírgula :'(. Me angustia!
      Parabéns e por favor, me abraça HAHA!

      A diagramação é impecável, e essa capa? Quem o adquirir e não curtir a obra ainda pode ostentar na estante.

      Beijão ;*

      Excluir
  16. Tendo a não ser tão fã de livros de horror, porém esse me intrigou por eu ser umbandista, hahahaha. Adorei sua resenha, muito completa!
    Ah, Kindle é vida! Mas ainda não consegui chegar no nível de não querer mais livros físicos, rs.

    Beijos,
    www.destemidagarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você está em casa, porque neste blog só tem bruxos e macumbeiros AHUEHEU.
      Agora em relação às expectativas de grandes revelações ocultistas, vou te dar uma dica: não espere muito.
      É um dos motivos por eu ter dado nota 3, quando ouvi falar do livro, pensei: "MDS, deve chover de informações goéticas e hermetistas", SQN! Os deamons da história não são essa Coca Cola toda :/. Entretanto, se torna uma decepção apenas para quem tem esse tipo de curiosidade que nós duas, quem não se importa tanto nem sentirá falta disso AHEUAHEUAE.

      Ain, você tá certa. Tem que comprar, valorizar as editoras e os autores. Eu que tô errada na pirataria porque minha conta na Amazon é apenas enfeite, nunca comprei nada AHEUHAEUE.

      Beijos, Gio =*

      Excluir
  17. Esse livro é a coisa maaaaaaaiiis linda *-*
    Minha tia comprou e eu pude vê-lo de mais perto, além de admirar as fotografias com ele haha
    Uma pena eu ter tanta aversão com tudo que é de terror, não consigo viver lendo, assistindo ou admirando qualquer coisa de terror. Uma pena :/
    Comprei Garota Submersa da mesma editora e nem consegui acabar :( Sim, sou frouxa :(
    Adorei o post!
    beijos
    Ganurb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindimaiissssss, né, Bru?
      Que pena que você tem medo, poxa. HAUEHAUEHAUEHAUEHUAEH, mas chega a ser engraçado esse temor todo ;)

      Obrigada pela visitinha, beijos ;*

      Excluir
  18. Abri o post porque a foto da capa do livro me chamou a atenção, mas foi sua resenha que me convenceu a lê-lo. Gosto de literatura desse tipo, bem macabra.

    Beijos

    lesobrinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz, Le! Essa capa é bafo, né?
      Espero que goste *o*.

      Beijão <3.

      Excluir
  19. Ah esse livro é lindo né?rs
    E concordo com você em relação a ele virar filme!

    E a Darkside cara...ela chegou com o propósito de me levar a falência! As edições são lindas, com uma diagramação perfeita!

    E obrigada por ter citado o blog!

    Beijos!

    ResponderExcluir

 Espaço livre para sugestões, críticas e elogios;
 Você pode comentar como anônimo ou utilizando seu nome/URL, conta do Gmail ou Wordpress;
 Sua opinião é bem-vinda, contanto que não seja homofóbica ou racista. Agradecemos :)