Caras e cores - Série Tutorial de cabelos coloridos (Parte 1) - Evolução dos cabelos coloridos e dicas de descoloração

sexta-feira, maio 30, 2014 Hell F. 3 Comentários

    Olá, amiguinhos 



Antes de iniciarmos as dicas para conquistar lindos e esvoaçantes fios coloridos na série Caras e cores, vamos para a introdução? *-*

Expressar Sincero
Moicano colorido, marca registrada do Movimento Punk

O que já foi expressão de extrema rebeldia no passado se tornou última tendência na moda de hoje. Já bateu a curiosidade para entender como essa interessante evolução aconteceu?
Parte 1 - Cabelos coloridos, como tudo começou?
Existem indícios que no período a.c. alguns povos coloriam pele e cabelos com corantes naturais, ou seja, assim como a modificação corporal com tatuagens e os antepassados dos piercings fazem parte da cultura da humanidade, o interesse em mudar a cor dos cabelos também é antigo em nossa história. Mas falando de até certo tempo atrás, quando o máximo de colorido possível em tintas profissionais era a tonalidade vermelha, quem desejava alcançar os tons exóticos (verde, azul, lilás, etc), tinha como única solução a mistura de corantes com cremes e álcool.
Voltemos nesse breve passado para entender como as cores "fantasia" se tornaram mania nos dias de hoje.

Punks
Em meados dos anos 70, durante o boom do Movimento Punk em Londres (Inglaterra) e em Nova York (Estados Unidos) - que posteriormente se difundiu pelo resto da Europa, não era tão comum assim se deparar com jovens corajosos o suficiente para pintar seus cabelos de cores extravagantes como atualmente. Aquela atitude era exclusiva dos revolucionários, pois a sociedade da época ditava que as regras das morais e bons costumes incluíam uma aparência física “tradicional”. O glam rock deixara alguns vestígios que o punk herdou, como os apetrechos exagerados, cabelos volumosos, maquiagem pesada e roupas coladas, mas foi no auge do punk que as primeiras tinturas coloridas profissionais surgiram, devido ao crescimento do interesse dos jovens em colorirem seus moicanos, spykes ou mechas bagunçadas. Assim, as misturas clandestinas que resultavam em tinturas coloridíssimas viraram um mercado emergente e as primeiras empresas voltadas para essa demanda surgiram.
Quer conhecer a história de um dos empreendimentos no setor? As irmãs americanas Tish e Snooky Bellomo, que eram da turma do Glam rock e se encontraram no Movimento Punk, foram as responsáveis pela criação de uma das mais famosas tinturas para cabelos, a Manic Panic, que é líder do segmento até hoje!
OBS: As irmãs são referência no universo underground até hoje, pois montaram a primeira loja punk dos Estados Unidos (fundada em 1977), e reza a lenda de que abriu as portas em 07/07/77 - quem conhece a cultura punk entende porque a data foi perfeita).
Výsledky obrázků Google pro http://vorrasi.com/files/gimgs/27_mg7192urbanmanicpanic.jpg
Tish e Snooky Bellomo, donas da primeira boutique punk americana e da tintura Manic Panic
Se até bem pouco tempo atrás, ter o cabelo colorido era coisa de jovens rebeldes, hoje em dia é possível se deparar com o estilo arco-íris em qualquer lugar, de escolas de ensino médio a passarelas internacionais, graças ao fácil acesso dos produtos (em casas de cosméticos) e claro, aos tutoriais da internet, que esclarecem as dúvidas dos futuros coloridos.


Punks 
A partir da década de 90, os astros da música pop se renderam aos cabelos coloridos e as bandas de rock comerciais também ajudaram a proliferar a nova tendência: Gwen Stefani, P!nk, Kelly Osbourne, Green Day, e no Brasil a Baby Consuelo (ou Baby do Brasil), os cantores Lulu Santos (que ostentava fios cor laranja) e Sandra de Sá, e até a então VJ da MTV Fernanda Lima (que tingiu de rosa) deram uma nova “cara” aos adeptos, que até então eram unicamente undergrounds. Foi quando esse novo hit conquistou grandes editoriais de moda e as pessoas começaram a se acostumar com a ideia das cabeleiras coloridas pelas ruas.





Rookie » This is Goodnight but Not Goodbye
Cindy Lauper e sua influência extravagante
Outro fator que acarretou no sucesso dos fios coloridos foi a influência dos mangás. O visual dos animes induziu a criação dos chamados cosplayers, pessoas que se vestem como seus personagens preferidos. Essas pessoas (conhecidas como otakus), na maioria adolescentes, costumam interpretar os papéis dos animes e adotar seus penteados na vida real, seja com perucas, apliques ou tingindo seus cabelos de verdade.
E desde então, o que era símbolo de rebeldia foi, aos poucos, se transformando em sensação. Agora é normal se deparar com patricinhas, hipsters e pessoas aparentemente "comuns" ostentando mechas, franjas, side cuts ou toda a cabeleira tingida de cores fantasias.


(1) Old SM Pictures(don't use)
Otaku
Mesmo com o costume ter pairado no lugar do choque, muitos ainda tem dúvidas quanto ao processo a ser seguido para alcançar os tons sem estragar seus cabelos, e por isso mais um tutorial está sendo publicado na net ;) hehe!


Agora vamos ao que interessa?

Pintar os cabelos (em casa ou em estúdios profissionais) pode ser um procedimento fácil, contanto que se utilize uma gama de produtos adequados. Aprender a tingir os fios em vários métodos não exige muito intelecto, apenas atenção e paciência. Aos poucos, quem adentra esse mundinho colorido aprende a dominar técnicas variadas de tintura, da anilina de madeira a tintas fantasia, passando pelos processos de descoloração, decapagem e neutralização de tons, assim como o famoso soap cap.
Boiou na maionese com esses termos? Relaxa e goza, porque pegar as manhas é prático;) 

Parte 1.2 - Quero o cabelo colorido, e agora?

OBS: Lembrando que meu post “Cabelo rosa – Como alcançar o tom desejado” tira algumas dúvidas específicas sobre a cor. Se quiser apostar no pink, dá uma olhada aqui e se joga!
Vamos lá, o mais importante de tudo é entender que não é possível ter uma cor vibrante e perfeita (exatamente como você vê na caixinha da tinta ou nas fotos da internet) sem antes descolorir os fios. O primeiro passo para entrar no universo colorido é simplesmente ficar loura, e a regra é clara: quanto mais claro o tom que você deseja atingir, mais próximo ao branco deve estar o cabelo.
Exemplos:
Rosa bebê (claríssimo) – O cabelo deve ter base branca ou cinza para alcançar este tom.
Rosa “choque” (escuro) – Basta que o cabelo esteja amarelado.


~
Lady Gaga

Antes de partir para o trabalhoso e agressivo processo de descoloração dos fios, certifique-se de que seu cabelo está saudável o suficiente para resistir ao procedimento.
Se seu cabelo for virgem, ótimo, mais eficaz será o clareamento se a estrutura dos fios for favorável. Se tiver apenas tingido sem nunca ter descolorido, utilize o Dekap Color (link para compra) antes de clarear, pois a decapagem retirará o excesso de química dos fios e facilitará a descoloração.

Agora se seus cabelos forem heróis como os meus e foram descoloridos tantas vezes que você já perdeu a conta HAHAHAHAH, te prepare para hidratar, umectar e nutrir bastante seu querido companheiro antes de reiniciar a vida colorida.


Lembre-se sempre: de nada adianta ter um cabelo na cor que você ama se ele não estiver bem cuidado. Antes uma pausa para recuperá-lo do que danificá-lo totalmente!


Parte 1.3 - A DESCOLORAÇÃO
Etapa final da parte 1 do tutorial – Como descolorir os cabelos em casa:
Divulgação: Internet

a)     Antes de começar a se empolgar com a ideia de desfilar por aí de cabelo azul, analise bem os fios para constatar se estão sadios o suficiente para suportar uma ou talvez mais descolorações. NOTA: Dependendo do estado e  do histórico do cabelo, podem ser necessárias mais de duas descolorações.
Caso esteja ressecado, hidrate uma vez por semana e se possível, faça uma reconstrução nos fios para aguentarem o processo (intercalando entre hidratação, nutrição e reconstrução por no mínimo dois meses).

      Já diz o ditado que o apressado come cru, então antes esperar para descolorir e tingir para chegar a um tom bonito sem danificar o cabelo do que atropelar os passos e acabar quebrando o coitado (e ainda correndo o risco de nem atingir o objetivo - a cor que queria).

b)     Após confirmar que o cabelo vai mesmo suportar a decapagem, espere ficar sujo para descolorir. Já reparam que em todas as marcas de cosméticos está bem claro na embalagem para utilizar o descolorante nos cabelos sujos? Essa medida é simplesmente para garantir nossa segurança, pois a oleosidade natural dos fios ajuda o produto a pegar melhor e evita que machuque o couro cabeludo, como acontece quando os fios estão limpos. NOTA 2: Como toda regra tem uma exceção, já ouvi relatos de pouquíssimas pessoas que sentem melhor resultado aplicando nos cabelos limpos, se esse for teu caso, se joga! 


Divulgação: Internet
c)      Antes da escolha do descolorante e preparação dos produtos, é preciso decidir qual o tom exato que você deseja. Quanto mais clara a cor (azul bebê, lilás clarinho, verde pastel, etc), mais próximo ao branco deve ser o cabelo, lembra? Caso queira uma cor escura, basta que o cabelo esteja amarelo cor de gema de ovo (geralmente o tom atingido na primeira descoloração). Importante lembrar que existem pessoas com base tão escura que seus cabelos simplesmente não abrem mais do que o amarelo ovo, mesmo com os melhores produtos. Sendo este teu caso amiga(o) azarada(o), procure um excelente profissional e só confie em alguém que sugira processo de colorimetria para combater o amarelo com tintura roxa e abrir o tom. DIKBOA, não se arrisque com esteticistas que não conhecem colorimetria.

d)     Certifique-se de que a marca do descolorante é realmente de confiança. Muitos profissionais relutam em usar pó descolorante vendido em farmácia, sei que essa questão varia de cabelo para cabelo, porém, como cada um possui sua própria estrutura, na dúvida procure as marcas mais recomendadas como Amend, Igora, Alfaparf e Schwarzkopf . Se possível, evite marcas de preço baixo, pois o barato pode sair caro. Antes se arriscar com produtos que pesam no bolso e estragam menos do que gastar em tratamento tudo que economizou murrinhando na compra hahaha!
Divulgação: Internet

e)     A água oxigenada é um fator relevante na tintura, pois ela serve para abrir as camadas dos fios, que receberão então o poder de clareamento ou escurecimento dos mesmos com a ação dos tonalizantes. Se a intenção é descolorir, os volumes 30 e 40 cumprem bem o papel, já os volumes 10 e 20 são mais fracos e podem não resultar na cor desejada. Volumes 10 e 20 são ótimos para neutralização e soap cap, que trataremos ao longo da série.

f)       Escolhida a cor que deseja alcançar e com o descolorante em mãos, misture os produtos (pó + oxigenada) e aplique nos cabelos, nunca ultrapassando o tempo de 40 minutos, que "fritarão" os fios. Esqueça a lenda de que quanto mais tempo agindo, mais claro ficará, essa foi a pior maldade que alguém já inventou ¬¬


Divulgação: Internet
g) Aplique rapidamente seguindo a lógica: primeiro as pontas, subindo para a raiz, que geralmente clareia mais rápido. Espalhe bastante produto sem economia, a intenção é clarear de maneira uniforme, para evitar manchas.
h) Se a primeira aplicação não foi suficiente para atingir o tom esperado, não se deprima porque acontece nas melhores famílias. Lave cuidadosamente, pois é normal que os fios fiquem ásperos. Use uma boa máscara de hidratação e deixe para repetir o procedimento na outra semana (se possível, em 15 dias). Não tem problema em passar duas semanas com cabelo de gema de ovo, use bandanas ou bonés caso te incomode, pois o resultado final com um bom tratamento não tem preço <3

i) Na segunda ou terceira aplicação, seu cabelo ficou descolorido exatamente no tom que queria? Maravilha, agora é aguardar  a segunda parte da série, em que darei detalhes preciosos para seus novos fios coloridíssimos ahazarem.
Divulgação: Internet

Já sabe como funciona a escolha da descoloração quando decide a cor, né? Se você deseja um verde bandeira, basta a base dos fios estar amarelo ovo. Já se desejar um azul céu, bem claro, invista em produtos (como shampoos) que matizam o tom do seu loiro para platiná-lo, pois se a base estiver amarelada e você jogar a tintura azul clara por cima, sinto muito, mas seu cabelo ficará verde.
UntitledSou suspeita pra falar se vale a pena ou não o risco, afinal desde meus 12 anos eu descoloro e tinjo meu cabelo de todas as cores, se eu fosse publicar minha galeria de cores o blog só seria disso hahaha, mas justamente por ter tido tooodas as cores de tooodos os penteados (do moicano ao longo, do curtinho ao médio, de mechas intercaladas com cabelo preto, de franjas curtas e longas, do cinza ao laranja, do verde claro ao platinado, do azul pastel ao roxão escuro, enfim), eu admito que essa vida colorida é viciante e não há castanho, vermelho, californiana ou preto que supra a felicidade de desfilar com os fios coloridos ><

UntitledMas é trabalhoso, caro, desgasta o coitado do cabelo sim, mesmo com todos os cuidados, pra manter os tons pastéis é preciso usar os melhores produtos, a descoloração continua sendo cruel (mesmo usando o Blond Me), a reputação das marcas muda de pessoa para pessoa e nem sempre você terá paciência pra cuidar minunciosamente de cada detalhe, mas digo por mim, mesmo com toooooooooodo o trabalhão, VALE A PENA e DÁ SAUDADE.



 








Na continuação da série darei dicas de coloração e cuidados com a manutenção das cores, e ao longo mostrarei algumas imagens de minhas aventuras capilares.

E prooonto, obrigada pela visita! Espero que as dicas tenham servido.. Até o próximo capítulo ;*
Algumas de minhas cores - Sentido horário: rosa escuro, verde escuro desbotando, rosa pastel desbotando pro platinado, roxo neon, azul desbotando, rosa pastel com laranja e preto, lilás pastel desbotado e rosa fluorescente
Hell (bat0mcomalcool)

AUTOR

Hell (bat0mcomalcool). Vulgo Hell {Ellen F.}. Ex-punk, fumante inveterada, colorida e rabiscada. Geminiana em dobro. Filha de Xoroquê e neta da Grande Mãe. Adotou o deboche como filosofia de vida e aceita a decadência como eterna companhia. Viciada em História, política, poesia, cultura vintage, seriados, literatura e The Sims.

3 comentários:

  1. AAAAAAAAAH quero ver mais fotos suas!

    ResponderExcluir
  2. Esses seus cabelos doidos estão fazendo a maior falta no prédio, Hellencita! Tu é foda guria xD
    Beijo da Maris

    ResponderExcluir
  3. Haha obrigada pela visita Jaque, podexá que postarei mais fotos nos próximos capítulos *-*

    Maaaaaaaris saudades, obrigada pela visita amigan ;*

    ResponderExcluir

 Espaço livre para sugestões, críticas e elogios;
 Você pode comentar como anônimo ou utilizando seu nome/URL, conta do Gmail ou Wordpress;
 Sua opinião é bem-vinda, contanto que não seja homofóbica ou racista. Agradecemos :)